Grupos de Pesquisas

O presente conjunto de grupos de estudo/pesquisa, componente do NUCLEO RJ1 da URCI tem por objetivo analisar o Rosacrucianismo, o Misticismo, a Espiritualidade e o Esoterismo a partir das Ciências Humanas; Ciências Exatas e da Terra e Linguística, Letras e Artes em uma perspectiva transdisciplinar. Buscamos um enfoque pluralista do conhecimento por meio da articulação entre as muitas facetas de compreensão do mundo, objetivando alcançar a unificação do saber humano. Assim, busca-se unir as mais variadas disciplinas para que se torne possível um exercício mais amplo da cognição humana.

A literatura e filosofia da AMORC, entre outras literaturas acadêmicas, servirão de base para as pesquisas. A intenção final é que o estudante Rosacruz tenha a compreensão da existência de sustentação científica nos textos e pesquisas produzidas bem como que os novos interessados no Rosacrucianismo possam perceber que em diversos aspectos, a filosofia e as práticas podem ser analisadas a partir do método científico.

A relevância científica do grupo encontra-se nos poucos estudos acadêmicos referentes aos temas apresentados, principalmente no Brasil. As pesquisas nos programas de pós-graduação em Ciência da Religião e em alguns poucos programas em Ciências Humanas são as referências. Além disso, existem os trabalhos da Universidade de Amsterdam.

Nossa proposta é ampliar essas referências teóricas com pesquisas validadas pela Academia e que possam destacar a Metafísica, a História, a Física, as Artes, a Literatura e as outras tantas áreas do conhecimento como aporte teórico-metodológico para todos os estudantes e pesquisadores que se interessam pelo tema.

O Núcleo pretende auxiliar na formação de pesquisadores da URCI (projetos e domínio do método científico) e desenvolver produção textual e imagética sobre as pesquisas.  A sua estrutura organizacional se caracteriza por seguir a linha mestra dos órgãos educacionais e técnico-científicos do Brasil, em especial a estrutura da CAPES quanto à Organização da Pós Graduação no Brasil. Tal estrutura é ramificada e vai desde as áreas de concentração às linhas de pesquisa e os grupos a elas ligados mediante seus pesquisadores e projetos. Sobre os projetos desenvolvidos pelos grupos, cabe salientar que, apesar da autonomia dos líderes de grupos, todos se subordinam às Diretrizes acadêmicas, éticas e filosóficas da URCI, bem como à temática da(s) linha(s) de pesquisa a que se vincularem. Por último, mas nem por isso menos importante, a partir dos grupos temos Projetos de Pesquisa sistemática e que são desenvolvidos no âmbito de tais grupos, cuja dinâmica é detalhada a seguir.

 

PROJETO(S) DE PESQUISA:

  • Os projetos serão elaborados conforme normas acadêmicas do CNPq/Capes (Temática; Objetivos; Hipóteses; Referenciais Teórico, Metodológico e Bibliográfico).
  • A pesquisa pode ser individual ou coletiva.
  • Os projetos apresentados por membros que não possuem Mestrado ou Doutorado necessitam ser orientados por um dos rosacruzes da URCI detentores de tal título, para que a pesquisa seja validada cientificamente.
  • Todos os projetos apresentados precisam ser submetidos à análise/validação da coordenação da URCI/RJ1.

 

PRODUÇÃO TEXTUAL E IMAGÉTICA:

  • Condicionada aos projetos de pesquisa, aos eventos universitários e eventos AMORC/URCI.
  • Com a proposta de suprir, quando possível, publicações da AMORC no Brasil e no exterior.

 

FLUXO DO NÚCLEO:

[1] http://www.capes.gov.br/avaliacao/instrumentos-de-apoio/tabela-de-areas-do-conhecimento-avaliacao. Acesso em: 07/12/2018